quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

TÓPICOS DA HISTÓRIA DA AFE



‘BOCA DO LIXO” - INIGUALÁVEL !

“Os tempos são outros.”
Mas que dá saudade, não há dúvida.
Mingão Funileiro, Mingão Batateiro, Cidú –(do chapéu quebrado na testa), Fuad, Gasolina e outros.
Era só alegria.
As gerais do Estádio da Fonte, eram denominadas de ” Boca do Lixo.”
Aquela “ turminha” agitava mesmo.
Na minha carreira, quando em julho de 1972, fiz minha estreia na Equipe Cultura de Esportes, transmiti do Estádio do Canindé, o jogo entre a Portuguesa e a AFE.
E lá no “fortim” da LUSA, eu fazia uma transmissão, e pela primeira vez, com escuta pela Frequuencia Tropical da Cultura. (que era um “canhão” de poderosa).
O Toninho Rodrigues dos Santos me disse “olha lá naquele cantinho do Estádio – o pessoal da Boca do Lixo – mande um alô pra eles. “alô alô torcida da boca do lixo – aquele abraço.” Eles levantaram os braços e me saudaram, de longe. Que emoção !
Foi um período, diria, até romântico da minha locução esportiva.!
Que saudade daquela gente.
-.-

Nenhum comentário:

Postar um comentário